Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da mobilidade e bioacessibilidade de Cd e Pb em solos de antigos lixões na cidade de Ribeirão Preto

Processo: 10/09723-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2010
Vigência (Término): 31 de julho de 2011
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Márcia Andreia Mesquita Silva da Veiga
Beneficiário:Viviane Nunes dos Santos
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Solos   Mobilidade   Aterros sanitários   Bioacessibilidade

Resumo

Em Ribeirão Preto, existem bairros inteiros construídos sobre o lixão, como por exemplo, Jardim Juliana, Palmeiras, Jardim Dutra I, Parque dos Servidores e Estrada de Serrana. Estes lixões não tiveram qualquer tipo de tratamento especial após o encerramento, a não ser uma cobertura superficial com solo da região. Com exceção da Estrada de Serrana, parte destas áreas foi utilizada para a implantação de conjuntos habitacionais pela COHAB. A Estrada de Serrana foi utilizada por um período maior e possui o agravante de estar em contato direto, com o afloramento do Aquífero Guarani, que é o grande potencial hídrico da região (a cidade de Ribeirão Preto é 100% abastecida pelas águas desse reservatório). A construção dos conjuntos habitacionais sobre os lixões sem sistemas de drenagem de gases e chorume, tornou vulnerável e susceptível toda a área utilizada, pois os contaminantes podem se distribuir aleatoriamente no solo, e seus efeitos atingem, não só pessoas, mas também todo o meio ambiente circundante, neste caso, especificamente, o Aquífero Guarani. Os solos contaminados podem apresentar risco à saúde pública de várias formas: por contato direto com a pele, por ingestão ou inaladas ao se fixar à substâncias sólidas, ou por causa de emissão de gases tóxicos; também podem ser transferidas para as águas subterrâneas, contaminando redes de água potável, ou contaminando cursos de água superficiais, sendo também tóxicos para outros seres vivos do ecossistema. Este projeto tem como proposta, após o levantamento inicial das concentrações de Cd e Pb em áreas de antigos lixões e de recarga/afloramento do Aquífero Guarani, a: (1) identificar a extensão da possível contaminação na camada superior do solo; (2) investigar a retenção e potencial mobilidade dos elementos-traço usando procedimento de extração sequencial; (3) avaliar os riscos para o meio ambiente e seres humanos através de estudos de bioacessibilidade destes metais em solos, com testes in vitro, simulando as condições físico-químicas das soluções encontradas no estômago e no duodeno humano. Todas as medidas serão realizadas por espectrometria de absorção atômica com forno de grafite.