Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise do processo de instalação e expansão dos loteamentos fechados horizontais de alto padrão na cidade de Paulínia (SP)

Processo: 09/18394-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2010
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Geografia - Geografia Humana
Pesquisador responsável:Lindon Fonseca Matias
Beneficiário:Fernanda Farias Baptista da Silva
Instituição-sede: Instituto de Geociências (IG). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Geografia urbana   Expansão urbana   Geoprocessamento

Resumo

O município de Paulínia que se localiza na Região Metropolitana de Campinas, possui uma taxa de urbanização acima de 99%, com uma população estimada em 76.033 habitantes (IBGE, 2007); no município foi implantado, desde 1972, a Refinaria de Paulínia (Replan), o maior polo petroquímico da América Latina, tornando o município um dos mais ricos da região. No entanto, o acelerado crescimento urbano constatado nas últimas décadas e as transformações ocorridas nas formas de uso e ocupação da terra no município, que passou de predominantemente agrário para urbano e industrial, acarretaram uma série de problemas socioambientais, entre eles a ocupação desordenada do território condicionada por processos especulativos imobiliários e a falta de políticas públicas de planejamento mais efetivas. Outra importante face desse crescimento da cidade tem se revelado através da instalação de loteamentos fechados horizontais de alto padrão e da abertura de novos empreendimentos com esta finalidade, sendo atualmente a dinâmica predominante de expansão residencial em Paulínia. Dessa forma, o objetivo principal desta pesquisa consiste na realização de uma análise sobre a instalação e expansão de loteamentos fechados horizontais de alto padrão e suas principais implicações no espaço urbano paulinense. A metodologia baseia-se na aplicação de tecnologias de geoprocessamento para mapeamento e construção de base de dados georreferenciados que vão subsidiar análises quantitativas, juntamente com a realização de pesquisas de campo e levantamento de dados com entrevistas visando análises qualitativas, sobre a crescente expansão e organização espacial desses loteamentos.