Busca avançada
Ano de início
Entree

Preparação e propriedades de filmes finos de óxido de zinco dopado com gálio

Processo: 01/03214-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2001
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2002
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Inorgânica
Pesquisador responsável:Marian Rosaly Davolos
Beneficiário:Agnaldo de Souza Gonçalves
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Método Pechini

Resumo

O objetivo deste projeto é a construção de uma parte fundamental de dispositivos luminescentes, onde é importante a presença de filmes condutores, a exemplo de eletroluminescentes, células e concentradores solares. Para isto, propõe-se estudar as condições de preparação de filmes de óxido de zinco puro e dopado com diferentes proporções de gálio, em placas de vidro alteradas hidrotermicamente. O óxido de zinco puro e dopado com gálio em diferentes concentrações será obtido através do método Pechini, que tem sido utilizado extensivamente para obtenção de partículas muito finas de misturas de óxidos em geral e que permite a preparação de filmes por dip-coating utilizando diretamente os precursores ou redispersões dos óxidos obtidos por termodecomposição dos precursores. As propriedades dos pós e dos filmes, assim como as características estruturais serão investigadas através das seguintes técnicas: difratometria de raios X, microscopia óptica, espectroscopia eletrônica de absorção, espectroscopia de luminescência, condutividade e em determinados casos, microscopia eletrônica de varredura. Os filmes de óxido de zinco dopado com gálio devem apresentar propriedades ópticas e principalmente elétricas que permitam a utilização destes, como tal ou com. novas deposições de outros compostos, para a construção de dispositivos luminescentes. (AU)