Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do silenciamento dos genes SHOC2 e XPO7, associados à resistência à quimioterapia, em linhagens celulares de leucemia linfóide aguda

Processo: 10/06067-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2010
Vigência (Término): 30 de junho de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Carlos Alberto Scrideli
Beneficiário:Vanessa da Silva Silveira
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):12/08130-8 - Efeitos da hiperativação da via Ras em células de leucemia linfoide aguda, BE.EP.PD
Assunto(s):Inativação gênica   Resistência a medicamentos   Leucemia linfoide

Resumo

Atualmente a utilização de diversas drogas quimioterápicas, que apresentam mecanismos de ação distintos, quando combinadas entre si tem permitido índices de cura de aproximadamente 80% das leucemias linfóides agudas (LLA) da infância. A intensidade e o uso dos agentes antineoplásicos são adaptados ao risco de recaída dos pacientes ao diagnóstico e nas primeiras semanas do tratamento. Embora os critérios básicos para a estratificação dos pacientes nos grupos de risco estejam bem definidos, diversos trabalhos têm demonstrado que o perfil de expressão gênica dos pacientes é um fator prognóstico independente e de grande importância que permite identificar pacientes com maior ou menor risco de recaída. Em trabalhos realizados previamente (dados submetidos para publicação) o autor identificou diversos marcadores moleculares, envolvidos com a resistência ao tratamento, e que se mostraram de grande importância para a monitoração da remissão clínica dos pacientes. Sendo assim, a proposta central deste projeto é avaliar a real participação desses novos marcadores (SHOC2 e XPO7) no processo de resistência aos principais quimioterápicos utilizados na fase de indução do protocolo de tratamento da LLA. Pretende-se identificar ainda microRNAs reguladores possivelmente envolvidos com os genes em questão, buscando assim encontrar novos marcadores moleculares que possam ser utilizados como alvos terapêuticos para o aprimoramento da quimioterapia dos pacientes que ainda são acometidos pelo insucesso do tratamento.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SILVEIRA, VANESSA S.; FREIRE, BRUNO M. R.; BORGES, KLEITON S.; ANDRADE, AUGUSTO F.; CRUZEIRO, GUSTAVO A. V.; SABINO, JOAO PAULO J.; GLASS, MOGENS LESNER; YUNES, JOSE ANDRES; BRANDALISE, SILVIA REGINA; TONE, LUIZ GONZAGA; SCRIDELI, CARLOS ALBERTO. Hypoxia-related gene expression profile in childhood acute lymphoblastic leukemia: prognostic implications. Leukemia & Lymphoma, v. 55, n. 8, p. 1751-1757, AUG 2014. Citações Web of Science: 7.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.