Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo de corte prospectivo de avaliacao da massa ossea pela demistometria em mulheres usuarias de implantes anticoncepcionais subdermicos.

Processo: 05/01412-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2005
Vigência (Término): 31 de outubro de 2007
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Luis Guillermo Bahamondes
Beneficiário:Jeffrey Frederico Lui Filho
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Ginecologia

Resumo

Não existem estudos na literatura internacional nem nacional sobre o efeito do uso dos implantes contraceptivos Implanon e Jadelle sobre a densidade mineral óssea. O melhor desenho para avaliar este efeito é o estudo longitudinal de coorte prospectivo, onde cada mulher passa a ser seu próprio controle, realizando o estudo de massa óssea, seja por densitometria ou pelo ultra-som antes do inicio do uso do método anticoncepcional e após um período determinado, controlando, em casso de existir diferenças, pelas variáveis confundidoras. Com a popularização de uso dos diferentes métodos anticoncepcionais, com a diminuição da taxa global de fertilidade no Brasil e o aumento de anos das mulheres expostas à gravidez, o uso dos diferentes métodos tem-se prolongado durante mais anos. Por isso, é necessário conduzir estudos que permitam afirmar ou descartar se eles têm alguma participação ou influencia na densidade mineral óssea das mulheres. ObjetivosGeralAvaliar a densidade mineral óssea de mulheres a diferentes idades usuárias de implantes subdérmicos liberadores de levonorgestrel ou ketodesogestrel.Específicos- Avaliar a massa óssea através da densidade mineral em mulheres usuárias de implantes subdérmicos liberadores de levonorgestrel (Jadelle) antes do uso e a um ano de uso. - Avaliar a massa óssea através da densidade mineral óssea e do ultra-som de calcâneo em mulheres usuárias de implantes subdérmicos liberadores de ketodesogestrel (Implanon) antes do uso e a um ano de uso. -Comparar os valores observados na medida da densidade mineral óssea entre os grupos, antes do uso do método e após um ano.