Busca avançada
Ano de início
Entree

Atividade leishmanicida de extratos de Cassia fístula (Leguminosae)

Processo: 05/57460-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2006
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2006
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Farmacognosia
Pesquisador responsável:Patricia Sartorelli
Beneficiário:Camila Salomone Carvalho
Instituição-sede: Centro Universitário FIEO (UNIFIEO). Fundação Instituto de Ensino para Osasco (FIEO). Osasco , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:01/05023-1 - Análise fitoquímica de espécies vegetais e avaliação de atividades biológicas das substâncias isoladas, AP.JP
Assunto(s):Metabólitos secundários   Extratos vegetais

Resumo

A leishmaniose tegumentar americana é doença infecciosa causada por parasitas do gênero Leishmania. O tratamento é realizado a base de antimônio, sendo que a busca de drogas alternativas, é feita a partir de plantas medicinais. Plantas são uma fonte importante de produtos naturais biologicamente ativos, apresentando diversas atividades farmacológicas, incluindo antitumoral, antiinflamatória, antibiótica e parasitária. O presente projeto visa a avaliação do potencial terapêutico da espécie Cássia fistula no tratamento da Leishmaniose, uma espécie pertencente à família Leguminosae, cujo extrato metanólico bruto apresentou uma promissora atividade contra a forma promastigosta de Leishmania chagasi. Pretende-se submeter os extratos ativos às diversas etapas de partição e cromatografia com o intuito de se isolar a substância responsável pela atividade. O estudo incluirá a avaliação da eficácia in vitro de extratos e frações obtidos a partir de tecidos vegetais desta espécie contra formas promastigotas de Leishmania chagasi, e também suas respectivas citotoxicidades, através de ensaios in vitro contra linhagens celulares de mamíferos. O isolamento e a identificação das substâncias serão realizados por meio de técnicas cromatográficas associadas às técnicas espectroscópicas. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.