Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de genes diferencialmente expressos envolvidos no mecanismo sensorial de espécies generalistas e especialistas de Drosophila cactófilas (grupo repleta)

Processo: 10/10920-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2010
Vigência (Término): 31 de março de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Animal
Pesquisador responsável:Maura Helena Manfrin
Beneficiário:Carla Fernanda Barsalobres Cavallari
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Ecologia química   Ecologia evolutiva   Expressão gênica   Especiação genética   Drosophila   Interação planta-inseto

Resumo

A identificação e conhecimento das alterações evolutivas associadas a mudanças adaptativas na origem da diversidade biológica exigem não apenas a informação ecológica sobre como um fenótipo particular é adaptativo, mas também a base e os mecanismos genéticos, estruturais ou reguladores, que fundamentam o fenótipo. Na maioria dos sistemas, a ligação entre a genética e o fenótipo é praticamente desconhecida, geralmente por causa dos desafios associados à identificação de genes específicos responsáveis por um fenótipo particular. Neste sentido, a interação inseto-planta é um modelo importante na ecologia evolutiva para estudos de adaptação e diferenciação genética. Evidências sugerem que estas interações são impulsionadas por mudanças constantes da regulação e estrutura dos genes, tanto no inseto como em suas plantas hospedeiras. Uma forma de investigar as bases genéticas da adaptação, na associação inseto-planta, é através da identificação de genes diferencialmente expressos envolvidos no mecanismo sensorial de insetos especialistas e generalistas. Com base no exposto, este trabalho tem como proposta a construção de bibliotecas subtrativas por supressão para a identificação de genes candidatos associados ao processo adaptativo de espécies de Drosophila cactófilas (grupo repleta) em resposta à presença de suas plantas hospedeiras. Uma vez identificados, os genes candidatos serão seqüenciados e, a partir destas seqüências, serão desenhados primers específicos para utilização na validação das análises in silico por meio da técnica de PCR quantitativo em tempo real. A partir deste estudo serão feitas inferências de como as Drosophila cactófilas adquirem e respondem às informações emitidas por suas plantas hospedeiras, que certamente representaram uma oportunidade para diversificação adaptativa e especiação neste grupo.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BORGONOVE, CAMILA M.; CAVALLARI, CARLA B.; SANTOS, MATEUS H.; ROSSETTI, RAFAELA; HARTFELDER, KLAUS; MANFRIN, MAURA H. Identification of differentially expressed genes in female Drosophila antonietae and Drosophila meridionalis in response to host cactus odor. BMC Evolutionary Biology, v. 14, SEP 2 2014. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.