Busca avançada
Ano de início
Entree

Secas severas sobre a América do Sul: impactos da variabilidade da temperatura de superfície do mar no clima atual e futuro

Processo: 09/08159-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2009
Vigência (Término): 31 de agosto de 2011
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Meteorologia
Pesquisador responsável:Tercio Ambrizzi
Beneficiário:Gyrlene Aparecida Mendes da Silva
Instituição-sede: Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Climatologia   Modelos matemáticos   Temperatura da superfície do mar   Previsão climatológica   Atlântico Sul   Mudança climática

Resumo

O impacto da variabilidade de Temperatura de Superfície do Mar (TSM) no regime de circulação dos continentes é uma das questões científicas relacionadas ao futuro do meio ambiente que vêem merecendo cada vez mais atenção. Esta é uma informação que pode ter aplicação direta na melhoria das previsões climáticas, trazendo vantagens para as mais diversas atividades humanas como a geração de energia, economia, agricultura, agropecuária, dentre outras. Flutuações no campo de TSM nas bacias oceânicas austrais, principalmente as que ocorrem no Oceano Atlântico Sul (OAS) podem resultar em episódios de secas severas sobre a América do Sul. Entretanto, estes ainda são pouco explorados apesar de causarem prejuízos tão significativos quanto os episódios de chuvas intensas. As recentes projeções climáticas do "Intergovernmental Panel on Climate Change" (IPCC) apontam para eventos de seca severa cada vez mais freqüentes e intensos em vários locais do globo.O principal objetivo deste projeto é fornecer um melhor entendimento sobre a importância da variabilidade de TSM na modificação do clima da América do Sul, principalmente em eventos de secas severas. As análises dos padrões atmosféricos e oceânicos anômalos do clima atual associados a estes eventos serão realizadas através da técnica de composições. As composições dos diferentes padrões de TSM, principalmente as relativas a OAS, servirão para inicializar o Modelo de Circulação Geral Atmosférico "Community Atmosphere Model" versão 3.0 (MCGA CAM3). Uma comparação das saídas dos modelos do IPCC com os padrões anômalos observados do clima presente e os experimentos com o MCGA usando distribuições de TSM desses modelos será realizada. O projeto deverá contribuir com os resultados do projeto temático (08/58101-9) intitulado de "Impact of the Southwestern Atlantic Ocean on South American Climate for the 20th and 21st centuries" submetido à FAPESP. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.