Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização citogenética dè algumas espécies dè Hypostomus (Pisces, Siluriformes) dás bacias dós rios São Francisco e Alto Paraná

Processo: 09/02228-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2009
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Animal
Pesquisador responsável:Orlando Moreira Filho
Beneficiário:Josiane Baccarin Traldi
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Marcadores genéticos   Loricariidae

Resumo

Siluriformes corresponde ao grupo com maior número de espécies entre os clados pertencentes aos Ostariophysi, possuindo 3.093 espécies, dentre as quais 117 pertencem a Hypostomus. Com 80 espécies descritas para rios brasileiros, este é o gênero de cascudos dominante no Brasil. De acordo com dados disponíveis na literatura, o número diplóide neste grupo varia de 2n = 54 em Hypostomus plecostomus a 2n = 84 em Hypostomus sp. 2. Este gênero apresenta uma ampla diversidade morfológica quanto ao padrão de coloração, dificultando a identificação de suas espécies, principalmente as que apresentam ampla distribuição geográfica. Devido a essa complexidade taxonômica, alguns marcadores cromossômicos podem auxiliar na caracterização, identificação e comparação de diferentes espécies, deste gênero. Desta forma, este trabalho tem por objetivo caracterizar, através de técnicas de citogenética clássica (coloração convencional com Giemsa, bandamento C e impregnação por nitrato de Prata - Ag-NOR) e moleculares (hibridação fluorescente in situ com sondas de rDNA 18S e 5S), algumas espécies de Hypostomus das bacias dos rios São Francisco e Alto Paraná, auxiliando desta forma, no entendimento de questões de ordem citotaxonômica, assim como em uma melhor compreensão da evolução cariotípica de algumas espécies deste gênero.