Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliacao dos polimorfismos do gene ikbl-62 e -262 em pacientes com carcinoma epidermoide de cavidade oral e orofaringe: relacao com a agressividade tumoral.

Processo: 07/57885-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2008
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2009
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Marcos Brasilino de Carvalho
Beneficiário:Ana Paula Coelho Gutierres
Instituição-sede: Hospital Heliópolis. Unidade de Gestão Assistencial I. Coordenadoria de Serviços de Saúde (CSS). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Evolução clínica   Cabeça e pescoço   Carcinoma de células escamosas   Invasividade neoplásica

Resumo

O carcinoma epidermóide de cavidade oral e orofaringe representa 90% das neoplasias malignas de cabeça e pescoço e está relacionado ao etilismo, tabagismo e à suscetibilidade genética. O aparecimento e a progressão tumoral podem ainda estar relacionados a genes de via inflamatória em diversos tipos de tumores. Um dos genes é o NFkB relatado como fator de transcrição de citocinas pró-inflamatórias e relacionado com a resposta imune, adesão celular, angiogênese e câncer. O NFkB é inibido pelo IKBL, impedindo a sua passagem para o núcleo através de sua ligação no citoplasma, essa inibição pode conduzir à supressão do desenvolvimento do câncer, por isso ele é apontado como um possível alvo para o desenvolvimento de drogas anti-câncer. O gene NF-kappa-B inhibitor-like protein 1 está dentro do complexo maior de histocompatibilidade no cromossomo 6, região mais polimórfica do genoma e muitos polimorfismos dessa região foram descritos e relacionados à vários tipos de tumores, pois podem alterar o possível motivo de ligação de fatores de transcrição EF1, USF1 e E47 alterando a transcrição do IKBL e portanto a atividade do NFkB. Através da técnica de PCR e o uso de endonucleases de restrição, o estudo pretende verificar a relação da ocorrência dos polimorfismos -262 e -62 do gene IKBL em indivíduos controle e em pacientes com carcinoma epidermóide da cavidade oral e orofaringe e a associação a fatores de agressividade tumoral. Esse estudo abre perspectivas para utilização de novos marcadores, melhor compreensão da doença e de novos alvos terapêuticos, além de pesquisa e ensino, formação de grupos em biologia molecular no Hospital Heliópotis. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)