Busca avançada
Ano de início
Entree

O efeito da hemiparasita struthanthus vulgaris mart (loranthaceae) na anatomia da madeira e aneis de crescimento de tipuana tipu benth o. kuntze (leguminosae).

Processo: 08/50627-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2008
Vigência (Término): 30 de abril de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Morfologia Vegetal
Pesquisador responsável:Gregório Cardoso Tápias Ceccantini
Beneficiário:Luiz Alberto Domeignoz Horta
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Anatomia da madeira

Resumo

As plantas parasitas representam 1% das angiospermas. Essas podem alterar o ambiente em que elas ocorrem, pois diminuem a competitividade dos seus hospedeiros em relação às espécies que elas não são capazes de parasitar. Isso pode repercutir no ambiente mudando inclusive a estrutura da comunidade, a zonação da vegetação e a dinâmica populacional. Dentre essas plantas estão as ervas-de-passarinho que são hemiparasitas, já que absorvem do hospedeiro apenas água e sais minerais e realizam fotossintese. Este estudo pretende analisar a relação do hemiparasita Struthanthus vulgaris Mart (Loranthaceae) com seu hospedeiro Tipuana tipu Benth O. Kuntze (Leguminosae). Para tal será investigado se indivíduos parasitados possuem alterações anatômicas no xilema e, através de técnicas dendrocronológicas, verificar se há alteração no padrão de crescimento dos anéis. Essa abordagem da interação parasita e hospedeiro é nova e pretende testar se técnicas dendrocronológicas podem ser utilizadas no estudo dessas interações entre plantas. (AU)