Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência de diferentes agentes dessensibilizantes na condutividade hidráulica da dentina e na força de adesão de um cimento resinoso em restaurações indiretas

Processo: 07/03198-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2007
Vigência (Término): 31 de julho de 2008
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Pesquisador responsável:Jose Carlos Pereira
Beneficiário:Priscila Yoshizaki
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Dentística   Cimentos de resina   Dessensibilizantes dentinários

Resumo

A sensibilidade pós-operatória, principalmente após o preparo de dentes para coroas totais, é um relato freqüente em procedimentos clínicos em Dentística e Prótese. A ocorrência deste indesejado sintoma clínico pode ser justificada e melhor compreendida pela Teoria da Hidrodinâmica, cujo embasamento dá-se pela movimentação de fluidos pelo lúmen dos túbulos dentinários. Baseando-se nesta teoria, várias substâncias químicas foram propostas com o objetivo de obliterar os túbulos dentinários e assim diminuir ou eliminar esta problemática. Objetivos: O presente trabalho tem como objetivos avaliar a influência de diferentes agentes dessensibilizantes na permeabilidade dentinária (observada pela metodologia proposta por PASHLEY e GALLOWAY, 1985) bem como na força de adesão (através do teste de microtração) de um material resinoso empregado para cimentação de coroas e restaurações indiretas. Quatro diferentes grupos serão avaliados: G1: Sensi Kill (DFL, Rio de Janeiro, Brasil); G2: BisBlock (BISCO, Schaumburg, EUA); G3: Gel experimental; G4 (Controle): sem tratamento. As medidas de condutividade hidráulica dentinária serão analisadas pré e pós aplicação dos agentes desenssibilizantes. Em seguida, os discos de dentina receberão a aplicação do sistema adesivo Adper™ Single Bond 2 (3M ESPE, St. Paul, EUA) e serão restaurados com o cimento resinoso Rely XTM ARC (3M ESPE, St. Paul, EUA) interposto a um bloco cilíndrico de resina composta previamente confeccionado, com o objetivo de simular uma restauração indireta. Análise estatística dos dados: As medidas de condutividade hidráulicas dentinária serão analisadas através do teste ANOVA a dois critérios para se avaliar as diferenças intra e intergrupos. Os resultados obtidos através do teste de microtração serão analisados, separadamente, pelo teste ANOVA a um critério. Em seguida, avaliar-se-á a existência ou não de correlação estatística (Teste de Spearman) entre os resultados dos dois ensaios. Em todas as análises alfa=5%.