Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de catalisadores de Pt-Sn-Ni para a oxidação eletrocatalítica de etanol para uso em célula a combustível direta (DEFC)

Processo: 07/07814-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2008
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Físico-química
Pesquisador responsável:Adalgisa Rodrigues de Andrade
Beneficiário:Thiago dos Santos Almeida
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Eletroquímica   Células de combustível   Etanol

Resumo

O etanol é um combustível renovável, com ampla rede de distribuição no país o que o torna um candidato potencialmente interessante ao uso em células a combustível que emprega diretamente o etanol sem a necessidade de reforma. Para uma geração de energia mais vantajosa o interessante nesta oxidação é a transformação completa do etanol em dióxido de carbono. Apesar dos grandes avanços no entendimento da reação de oxidação a quebra eficiente da ligação C-C ainda é um desafio. Neste projeto propõe-se desenvolver catalisadores eficientes para a oxidação do etanol. Dessa forma, serão preparadas nanopartículas plurimetálicas Pt-Sn, Pt-Ni, Pt-Sn-Ni obtidas por decomposição térmica em carbono com alta área superficial. Preparação de eletrodos trimetálicos pelo método Pechini suportados em Carbono (Vulcan XC 72) contendo Pt como base adicionando diferentes quantidades de Sn e Ni, em proporções variáveis. Os eletrodos serão caracterizados fisicamente através de MET, EDX e difração de Raios-X, e caracterizados eletroquimicamente através das técnicas de voltametria cíclica e cronoamperometria, podendo determinar os catalisadores que apresentem melhor atividade catalítica para a oxidação do etanol. E por fim será realizada a eletrólise em potencial controlado e análise dos produtos formados por CLAE e CG, sendo este parâmetro de fundamental importância para o completo entendimento do mecanismo da reação.