Busca avançada
Ano de início
Entree

Existe delta na foz do Rio Ribeira de Iguape (SP)?

Processo: 09/00707-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2009
Vigência (Término): 31 de março de 2010
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geologia
Pesquisador responsável:Kenitiro Suguio
Beneficiário:Denise dos Santos Silva
Instituição-sede: Instituto de Geociências (IGC). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Deltas   Sedimentologia

Resumo

Ao longo do litoral brasileiro tem sido relatada a existência de feições deltaicas nas desembocaduras de vários rios, entre as quais destacam-se as dos rios São Francisco (SE/AL), Doce (ES) e Paraíba do Sul (RJ). Além disso, alguns autores aventam a possibilidade de ocorrência de delta na foz do rio Ribeira de Iguape (SP) sem executar nenhum trabalho específico a respeito disso. Neste projeto serão realizados, além das análises granulométricas, estudos comparativos entre populações de minerais pesados das amostras de sedimentos fluviais atuais e da planície costeira de Cananéia-Iguape, nas adjacências da foz deste rio, para se avaliar as diferenças ou semelhanças entre as assembleias de minerais pesados existentes entre esses dois grupos de amostras. Por outro lado, os estudos granulométricos deverão indicar os ambientes de sedimentação (eólico, praial, marinho raso, fluvial ou de correntes de turbidez), em função da energia e viscosidade envolvidas na sedimentação de cada grupo de amostras. Os graus de semelhança das assembleias minerais pesados e os ambientes de sedimentação sugeridos pelas análises granulométricas deverão fornecer os subsídios científicos para responder adequadamente ao título deste projeto, se existe ou não uma feição deltaica, segundo a definição mais aceita, na foz do rio Ribeira de Iguape. (AU)