Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do tratamento paterno com o esteróide anabólico Deca-Durabolin sobre os produtos da gestação e morfologia dos testículos da progênie

Processo: 05/56614-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2005
Vigência (Término): 30 de novembro de 2006
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia
Pesquisador responsável:Isabel Cristina Cherici Camargo
Beneficiário:Danilo Samuel Lopes Feracini
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Letras (FCL-ASSIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Assis. Assis , SP, Brasil
Assunto(s):Morfologia (anatomia)   Testículo   Anabolizantes   Infertilidade masculina   Modelos animais

Resumo

O uso de altas doses de esteróides anabólicos androgênicos (AAS) para o crescimento da massa muscular tornou-se uma prática muito comum para jovens e adultos, atletas ou não. Porém, o uso indiscriminado destes agentes está associado a vários problemas para a saúde humana e animal, inclusive com efeitos colaterais sobre a reprodução. São escassos os estudos sobre os efeitos dos AAS sobre a reprodução, considerando-se aspectos morfológicos do trato genital masculino, embora é descrito que estes agentes afetam a espermatogênese e promovem hipogonadismo. Considerando-se que nenhum estudo foi obtido na literatura sobre o efeito do tratamento paterno com AAS sobre a progênie, o projeto visa, através da execução de dois experimentos, avaliar a morfologia dos testículos de machos reprodutores e suas progênies e produtos da gestação provenientes do acasalamento entre machos tratados e fêmeas normais. (AU)