Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da microinjeção de apomorfina e haloperidol no colículo inferior na resposta de inibição por pré-pulso do reflexo de sobressalto acústico em ratos

Processo: 09/07347-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2009
Vigência (Término): 30 de novembro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Neuropsicofarmacologia
Pesquisador responsável:Regina Cláudia Barbosa da Silva
Beneficiário:Susan Yuri Satake
Instituição-sede: Instituto de Saúde e Sociedade (ISS). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Baixada Santista. Santos , SP, Brasil
Assunto(s):Esquizofrenia   Colículos inferiores   Ratos   Dopamina   Psicologia experimental

Resumo

A definição atual de esquizofrenia indica uma psicose crônica idiopática, aparentando ser um conjunto de diferentes doenças com sintomas que se assemelham e se sobrepõem. O transtorno é de origem multifatorial onde os fatores genéticos e ambientais parecem estar associados a um aumento do risco de desenvolver a doença. Um modelo animal de esquizofrenia, bastante utilizado, baseado em processos atencionais é o modelo da inibição por pré-pulso (IPP) do reflexo de sobressalto. A função da IPP é a de filtrar informações irrelevantes, possibilitando ao indivíduo direcionar sua atenção a aspectos mais importantes do ambiente refletindo dessa forma um processo pré-atentivo. Pacientes com esquizofrenia exibem déficits nestas respostas. O modelo da IPP tem sido sistematicamente utilizado para a investigação dos substratos neurais e farmacológicos relacionados à esquizofrenia.Embora existam várias hipóteses bioquímicas desenvolvidas para explicar a gênese da esquizofrenia, a teoria da hiperfunção dopaminérgica central atualmente é a mais bem investigada. A ativação da neurotransmissão dopaminérgica mesolímbica bloqueia a resposta da IPP em rato, enquanto, a administração de neurolépticos bloqueadores dos receptores dopaminérgicos, sobretudo do tipo D2, reverte esse quadro.Estudos mostram que a via neural primária mediando a resposta da IPP do reflexo de sobressalto acústico encontra-se no tronco encefálico sendo o colículo inferior (CI) uma estrutura chave nesta circuitaria.O objetivo deste estudo é investigar se a ativação da neurotransmissão dopaminérgica do CI pode interferir na resposta da IPP. Para tal, faremos a microinjeção de apomorfina, agonista direto de receptores do tipo D2, e haloperidol, antagonista direto de receptores do tipo D2, diretamente no CI. Dessa forma, pretendemos investigar se o substrato neural dopaminérgico do CI pode estar envolvido no desenvolvimento da IPP.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
KAREN Y. YAMADA; SUSAN Y. SATAKE; JULIANA C. PERRY; KARINA O. GARCIA; VÂNIA D'ALMEIDA; SERGIO TUFIK; BEATRIZ M. LONGO; REGINA C. BARBOSA-SILVA. Effect of postnatal intermittent hypoxia on locomotor activity and neuronal development in rats tested in early adulthood. Psychology & Neuroscience, v. 7, n. 2, p. 125-130, Jun. 2014.
SATAKE, SUSAN; YAMADA, KAREN; MELO, LIANA LINS; SILVA, REGINA BARBOSA. Effects of microinjections of apomorphine and haloperidol into the inferior colliculus on prepulse inhibition of the acoustic startle reflex in rat. Neuroscience Letters, v. 509, n. 1, p. 60-63, FEB 10 2012. Citações Web of Science: 13.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.