Busca avançada
Ano de início
Entree

Fatores de correção anisotrópicos para a radiação difusa medida em superfície inclinada

Processo: 02/03028-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2002
Vigência (Término): 31 de maio de 2004
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Agrometeorologia
Pesquisador responsável:João Francisco Escobedo
Beneficiário:Fabio Chakkour Nunes
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Radiação solar   Anisotropia

Resumo

As componentes da radiação solar, global e difusa, compõem a instrumentação básica em uma Estação de Radiometria Solar, úteis em estudos que avaliam a quantidade de energia radiante que atinge a superfície do solo em um determinado local. Com isso, torna-se maior a exigência do conhecimento do fluxo de irradiação solar em superfícies inclinadas nas diversas orientações para uma aplicação prática nos sistemas ativo e passivo de energia solar. No Brasil, o estabelecimento de bases de dados de radiação solar, em forma digital, é ainda incipiente, estando limitado pela dificuldade de aquisição do instrumental apropriado e pela ausência de ferramentas que facilitem o processamento da informação. Mesmo nos centros mais desenvolvidos, a armazenagem sistemática desses dados, diretamente na forma digital, é relativamente recente. O Laboratório de Radiometria Sloar de Botucatu, do Departamento de Recursos Naturais da Faculdade de Ciências Agronômicas - FCA/UNESP vem monitorando as componentes da radiação solar em superfícies horizontal e inclinada. E pretende-se com este trabalho comparar através de modelos, as variações da radiação difusa em superfícies horizontal e inclinada na região de Botucatu - SP. (AU)