Busca avançada
Ano de início
Entree

Determinação da microcistina RR em amostras de florações de cianobactérias presentes em pesque-pagues e pisciculturas situadas na região do alto Mogi

Processo: 06/50157-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2007
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2007
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Eny Maria Vieira
Beneficiário:Fernanda Benetti
Instituição-sede: Instituto de Química de São Carlos (IQSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Cromatografia   Cianobactérias

Resumo

Como há uma tendência de aumentar cada vez mais a implantação de pesque-pagues e pisciculturas na região do alto Mogi. Desta forma é necessário que haja um programa de controle da qualidade da água dos tanques e reservatórios e também dos peixes que ali são criados, pois florações de cianobactérias vem sendo detectadas em diversos corpos d'água. A principal preocupação está nas toxinas liberadas por estas cianobactérias, que se ingeridas por pessoas ou animais, podem causar além de efeitos de intoxicação, fraqueza, vômitos e dependendo da concentração ingerida pode levar à morte. Contudo, o intuito do presente estudo é de aprimorar técnicas analíticas empregadas na determinação da microcistina RR, podendo assim contribuir com informações úteis para o bom gerenciamento dos estabelecimentos pesqueiros. Serão feitas visitas mensais aos pesque-pagues e pisciculturas da região do alto Mogi e serão amostrados os estabelecimentos que apresentarem florações. Nesse estudo será empregada a extração em fase sólida (C18) das cianotoxinas. A cromatografia líquida de alta resolução será utilizada na determinação das cianotoxinas. (AU)