Busca avançada
Ano de início
Entree

Uso de hexanal volátil para controle pós-colheita da podridão do pessegueiro causada por Monilinia fructicola e M. laxa

Processo: 09/53328-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2009
Vigência (Término): 30 de junho de 2010
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:Lilian Amorim
Beneficiário:Juliana Silveira Baggio
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Controle alternativo de doenças de plantas   Doenças de plantas   Podridão (doença de planta)   Prunus   Pêssego   Compostos voláteis

Resumo

A podridão parda é uma das principais doenças da cultura do pessegueiro, presente em pomares do mundo inteiro. Três espécies do gênero Monilinia podem ser seus agentes causais: M. fructicola, M. laxa e M. fructigena. No Brasil, essa podridão era causada exclusivamente por M. fructicola, já que até 2007 as outras espécies eram quarentenárias no País. Entretanto, recentemente, constatou-se na Clínica Fitopatológica da USP - ESALQ a presença de um isolado de M. laxa em pêssego sintomático, proveniente de pomares da região de Jundiaí - SP. Para o controle da doença são utilizados fungicidas de modo preventivo, desde a florada até a pré-colheita, visto que não existem produtos com capacidade curativa. Atualmente, métodos alternativos para o controle de doenças, como o uso de compostos voláteis ou de óleos essenciais, vêm sendo pesquisados como forma de controle de doenças pós-colheita. Em trabalho preliminar, realizado na ESALQ, foram testados quatro compostos voláteis com essa finalidade: trans-2-hexenal, carvacrol, citral e hexanal. Destes, apenas o hexanal mostrou potencial para inibir M. fructicola. O presente projeto tem como objetivo determinar os efeitos do composto volátil hexanal na evolução da doença em frutos de pessegueiro inoculados com Monilinia fructicola e M. laxa e no desenvolvimento dos patógenos in vitro. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BAGGIO, JULIANA SILVEIRA; LOURENCO, SILVIA DE AFONSECA; AMORIM, LILIAN. Eradicant and curative treatments of hexanal against peach brown rot. Scientia Agricola, v. 71, n. 1, p. 72-76, JAN-FEB 2014. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.