Busca avançada
Ano de início
Entree

Analise de sistemas deposicionais e proveniencia dos diamictitos ferruginosos neoproterozoicos na regiao de porteirinha, mg.

Processo: 07/57746-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2008
Vigência (Término): 13 de novembro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geologia
Pesquisador responsável:Renato Paes de Almeida
Beneficiário:Elisângela Cordeiro Pessoa
Instituição-sede: Instituto de Geociências (IGC). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Proveniência

Resumo

Diversos modelos climáticos globais para o Neoproterozóico foram sugeridos nos últimos anos, motivados por hipóteses de glaciações extremas que teriam atingido latitudes equatoriais durante o Criogeniano e talvez o Ediacarano. A evidência de depósitos glaciais de idades semelhantes em todos os continentes favorece esta hipótese, entretanto os estudos concentram-se na composição isotópica dos carbonatos pós-glaciais superpostos, também de distribuição global. A escassez de estudos nos próprios depósitos glaciais torna relevante a análise dos ambientes deposicionais e da distribuição espacial das áreas-fonte das sucessões sedimentares Neoproterozóicas com influência glacial. Um dos aspectos mais intrigantes relacionados às sucessões glaciais Neproterozóicas é a presença de diamíctitos ferruginosos, interpretados por alguns autores como resultado do retorno de condições anóxicas no fundo oceânico durante eventos de glaciação extrema, que impediriam a circulação oceânica, levando ao progressivo aumento da concentração de Fe-2 em solução nos oceanos até o início do degelo, quando ocorreria oxidação e precipitação do ferro. O presente projeto prevê a realização de análises sedimentológicas, estratigráficas e de proveniência de ocorrências de diamictitos ferruginosos do Grupo Macaúbas na região de Porteirinha, norte de Minas Gerais, com o objetivo de reconstituir as características do sistema deposicional e contribuir para a compreensão da origem dos depósitos de ferro relacionados às glaciações neproterozóicas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)