Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificacao de marcadores especie-especificos para eucalyptus utilizando as tecnicas de rapd e bsa.

Processo: 07/56375-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2007
Vigência (Término): 30 de novembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Vegetal
Pesquisador responsável:Celso Luis Marino
Beneficiário:Aletea Cristina Avila Madacki
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Técnica de amplificação ao acaso de DNA polimórfico   Eucalipto

Resumo

O gênero florestal Eucalytus (Myrtaceae), originário da Austrália, que teve algumas de suas espécies introduzidas no Brasil no final do século XIX, passou a ser utilizado como fonte de madeira e, posteriormente matéria-prima para a produção de papel e celulose, campo em que o Brasil ocupa uma posição de destaque. Os programas brasileiros de melhoramento genético de eucaliptos estão bem adiantados, se comparados a outros países. Entretanto, um dos principais problemas encontrados nos diferentes programas de melhoramento florestal é a dificuldade existente para Identificar as diferentes espécies de Eucalyptus. Nesse contexto, a incorporação de técnicas de biologia molecular em programas de melhoramento genético vegetal vem permitindo a otimização do tempo e o direcionamento desses programas. O uso de marcadores moleculares na caracterização da variabilidade molecular das espécies florestais tem revolucionado a análise genética, uma vez que a identificação de espécies do gênero Eucalytus por meio de caracteres morfológicos é difícil para os não especialistas. O presente trabalho pretende, portanto, descrever novos marcadores moleculares espécie-específicos para diferentes espécies de eucaliptos plantados comercialmente no Brasil. Para isso, serão aliados o baixo custo da técnica de RAPD-PCR, a versatilidade do BSA e seqüenciamento. O estudo pretende também verificar a eficiência e aplicabilidade da técnica de ISSR-PCR como ferramenta na busca por marcadores moleculares. (AU)