Busca avançada
Ano de início
Entree

AVALIAÇÃO DA IMUNOEXPRESSÃO DO RECEPTOR DO FATOR DE CRESCIMENTO EPIDÉRMICO HUMANO 2 (HER-2/neu) EM PRODUTO DE PROSTATECTOMIA RADICAL DE PACIENTES PORTADORES DE ADENOCARCINOMA PROSTÁTICO

Processo: 10/05944-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2010
Vigência (Término): 31 de julho de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Anatomia Patológica e Patologia Clínica
Pesquisador responsável:Lucila Heloisa Simardi Santiago
Beneficiário:Guilherme Andrade Peixoto
Instituição-sede: Faculdade de Medicina do ABC (FMABC). Organização Social de Saúde. Fundação do ABC. Santo André , SP, Brasil
Assunto(s):Urologia   Próstata   Adenocarcinoma

Resumo

A expressão do HER-2/neu aumenta durante a história natural do câncer de próstata. A correlação existente com a progressão da doença e com a doença hormônio refratária sugere que drogas que agem sobre o HER-2/neu podem vir a se tornar terapêuticas interessantes na neoplasia de próstata. Uma vez que agentes inibidores do HER-2/neu já são usados para diversas neoplasias humanas epiteliais, a mensuração de sua expressão na neoplasia de próstata pode ajudar a identificar precocemente pacientes com tendência à recidiva após a prostatectomia radical e que, desta forma, podem beneficiar-se da associação adjuvante de tratamentos direcionados ao HER-2/neu com a hormonioterapia usual. Ainda, estes agentes podem ser utilizados, mais uma vez associados à hormonioterapia, na tentativa de prevenir o desenvolvimento da doença androgênio-independente e hormônio refratária. Dessa forma, a partir de um grupo pré-selecionado de pacientes do Ambulatório de Urologia da Faculdade de Medicina do ABC, o trabalho terá como objetivo o estudo da expressão do receptor transmembrânico HER-2/neu, em produtos de prostatectomias, pela técnica de imuoistoquímica. Será realizado o confronto dos resultados imunoistoquímicos com os fatores prognósticos pré-estabelecidos, como o Score de Gleason, infiltração perineural, massa tumoral e estadiamento patológico TNM (pTNM 2010).