Busca avançada
Ano de início
Entree

Foto e biodegradação de blendas poliméricas biodegradáveis e polipropileno

Processo: 06/04271-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2007
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química
Pesquisador responsável:Sandra Mara Martins Franchetti
Beneficiário:Rejane Cristina Trombini Pereira
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Assunto(s):Polímeros (materiais)   Biodegradação   Blendas   Fotodegradação   Fungos

Resumo

O grande uso de plásticos no mundo gera uma grande quantidade de resíduos plásticos, que duram até cerca de 200 anos no meio ambiente. Para minimizar este efeito é relevante intensificar a busca de novos materiais poliméricos: as blendas de polímeros biodegradáveis com polímeros sintéticos. Este é um campo amplo e que necessita muita pesquisa na investigação das propriedades destas blendas e de sua resposta a diferentes tratamentos, visando sua degradação. As blendas empregadas neste estudo são de polímeros biodegradáveis como poli(hidroxibutirato) (PHB) e poli(caprolactona) (PCL) com um polímero sintético, o Polipropileno (PP), em concentração minoritária, e ainda fazendo uso de agentes pró-degradantes. Estas serão preparadas inicialmente utilizando um misturador interno (reômetro de torque), seguida pela quebra criogênica com posterior prensagem dos filmes. Estes serão submetidas ao fototratamento com UV e subsequentemente ao biotratamento com um fungo de solo. As análises dos filmes antes e após os tratamentos serão feitas através de infravermelho com transformada de Fourier (FTIR), absorção no ultravioleta-visível (UV-Vis), microscopia eletrônica de varredura (MEV), calorimetria exploratória diferencial (DSC) e termogravimetria (TG). Será ainda realizado o estudo do comportamento mecânico dos filmes antes e após os tratamentos. (AU)