Busca avançada
Ano de início
Entree

Termorregulação, temperamento e variação na expressão de genes HSPs em bovinos Nelore e cruzados Angus x Nelore e Senepol x Nelore

Processo: 06/06941-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2007
Vigência (Término): 31 de maio de 2009
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia
Pesquisador responsável:Maurício Mello de Alencar
Beneficiário:Andréa Roberto Bueno Ribeiro
Instituição-sede: Embrapa Pecuária Sudeste. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA). Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Brasil). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Cruzamentos genéticos   Bioclimatologia   Comportamento animal   Efeitos do calor   Gado Nelore

Resumo

A cadeia produtiva pecuária brasileira tem vivenciado aumento na introdução de raças taurinas (adaptadas e não adaptadas) e o uso de cruzamento industrial, visando à melhoria da produtividade, da qualidade e da eficiência dos sistemas de produção. Todavia, pouco se sabe sobre a adaptabilidade e as respostas produtivas desses grupos genéticos e dos produtos de seus cruzamentos às condições brasileiras. Assim sendo, o objetivo neste projeto é estudar características e respostas comportamentais, morfológicas, fisiológicas e moleculares relacionadas à adaptabilidade de bovinos Nelore e cruzados Angus x Nelore e Senepol x Nelore. O projeto, a ser executado no Centro de Pesquisa de Pecuária do Sudeste, da Embrapa, em São Carlos, SP, utilizará 15 fêmeas de cada grupo genético, com aproximadamente 14 meses de idade. Serão avaliados o comportamento ingestivo dos animais manejados em pastejo rotacionado, o temperamento no curral e no tronco de contenção, além de medidas fisiológicas (temperaturas retal, da pele e do pêlo, taxa de sudação e freqüência respiratória) e análises das características de pele, pêlo e glândulas sudoríparas associadas aos mecanismos de termorregulação, mediante teste de tolerância ao calor, realizado em dias quentes de verão, sendo também registrados dados meteorológicos (temperatura ambiente, umidade relativa, precipitação, velocidade do vento e temperatura do globo negro). Será também avaliada a expressão de dois genes da família HSP (heat shock proteins) em amostras de sangue de todos os animais submetidos ao teste de tolerância ao calor. Esses dados serão ainda relacionados com o desempenho produtivo e reprodutivo dos animais. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)