Busca avançada
Ano de início
Entree

Conforto termico nas areas de transicao em ambientes publicos e privados.

Processo: 04/13500-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2005
Vigência (Término): 06 de novembro de 2005
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Tecnologia de Arquitetura e Urbanismo
Pesquisador responsável:Lucila Chebel Labaki
Beneficiário:Gabriela Roncoletta Nascimento
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo (FEC). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Conforto térmico

Resumo

As áreas de transição têm especificidades, por suas características construtivas, e por sofrerem influência tanto das áreas internas quanto externas, apresentando assim grande variedade em suas condições físicas. Existem pesquisas extensivas da resposta térmica humana a condições ambientais estáveis, mas existem poucos estudos sobre esses ambientes, influenciados pelo clima ao ar livre e ainda cercados por uma construção, do ponto de vista do conforto ambiental. O projeto consiste em analisarmos esses espaços, com um estudo mais aprofundado de suas características e sensações térmicas e concluirmos o quanto suas vantagens podem ser empregadas para promover um maior conforto nas edificações brasileiras. No caso do estudo, será feito mais especificamente na região de Barão Geraldo, da cidade de Campinas. Os objetivos principais desse projeto' são: colher dados técnicos, através de medições específicas dos parâmetros ambientais, que nos permitam a realização de um estudo quantitativo da área; pesquisar a sensação térmica de indivíduos, através de entrevistas com os usuários de diferentes áreas de transição; realizar a comparação entre os dados obtidos em entrevistas com os usuários e nas medições técnicas, encontrando as delimitações da zona de conforto nesses locais; estudar como a integração entre as diferentes informações obtidas influencia no uso do espaço das áreas de transição; explorar como características construtivas, podem influenciar e melhorar o conforto térmico das áreas de transição. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)