Busca avançada
Ano de início
Entree

Plasmodium vivax: determinacao do repertorio de genes de virulencia e descoberta de marcadores geneticos associados a resistencia de drogas.

Processo: 02/11350-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2003
Vigência (Término): 30 de setembro de 2005
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Protozoologia de Parasitos
Pesquisador responsável:Hernando Antonio del Portillo Obando
Beneficiário:Emilio Fernando Merino
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:01/09401-0 - Aproximação genômica e pós-genômica ao estudo das malárias humanas de Plasmodium vivax e Plasmodium falciparum na Amazônia brasileira, AP.TEM
Assunto(s):Biologia computacional   Repetições de microssatélites   Genes de virulência   Genômica

Resumo

A malária causada por Plasmodium vivax produz uma estimativa de 80 milhões de casos por ano. Propomos o seqüenciamento maciço de genes de virulência que resultará na criação de um banco de dados dos alelos circulantes na Amazônia. Utilizaremos duas abordagens visando detecção in silico, a primeira propõe a análise da taxa de mutações não sinônimas como indicador de pressão seletiva positiva, a segunda propõe transferência horizontal de genes entre hospedeiro e parasita como um fator de proteção do parasita ao sistema imune do hospedeiro. Estes dados serão no final comparados com resultados obtidos com outros genes de virulência de P. falciparum, os quais estão sendo gerados por outro grupo do projeto temático. Por outra parte, procuraremos descobrir microssatélites de P. vivax (ainda não foi descrito nenhum) a partir das seqüências de dois clones de YACs contendo os genes cg10 e mdr de P. vivax e utilizando o algoritmo Simple de detecção de regiões de baixa complexidade. Uma vez encontrados parâmetros adequados deste software para P vivax, será feita uma caracterização dos padrões de repetição para mascaramento destas regiões em alinhamentos múltiplos para identificação de MS. Uma vez identificados, os diferentes micros-satélites serão validados com amostras de P. vivax que possuem diferentes graus de resistência a drogas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)