Busca avançada
Ano de início
Entree

Células fotoeletroquímicas de TiO2 nanocristalino de estado sólido construída com sistemas supramoleculares

Processo: 02/06822-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2002
Vigência (Término): 01 de março de 2004
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Inorgânica
Pesquisador responsável:Henrique Eisi Toma
Beneficiário:Ana Flávia Nogueira
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:00/06560-8 - Desenvolvimento da química e dispositivos metal-orgânicos supramoleculares, AP.TEM
Assunto(s):Porfirinas   Dióxido de titânio

Resumo

Este projeto tem a finalidade de desenvolver células fotoeletroquímicas de TiO2 nanocristalino de estado solido construída com sistemas supramoleculares. Estas células embora apresentem eficiência de 10%, seu uso e implantação no mercado dependem da solução de duas limitações principalmente: uso de eletrólito liquido e baixa absorção de luz na regia do infravermelho. Devido à forte absorção de luz na região do visível e infravermelho e do comportamento semicondutor tipo-p apresentado por alguns compostos supramoleculares derivados de porfirinas e porfirazinas, estes podem ser empregados simultaneamente neste tipo de célula como sensibilizador e transportador de carga (mais precisamente de cargas positivas ou buracos). Deste modo, a proposta para este trabalho consiste em desenvolver células fotoeletroquímicas de TiO2 nanocristalino de "estado solido" com supramoleculares baseadas em unidades porfirina e porfirazina funcionalizadas com compostos de coordenação. Nestes dispositivos esses compostos terão uma dupla função dentro da célula fotoeletroquímica: (i) corante e (ii) condutor de buracos. (AU)