Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito inibitório de extratos e óleos essenciais de plantas medicinais e aromáticas sobre Linhagens de Escherichia coli patogênicas para humanos

Processo: 03/02668-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2003
Vigência (Término): 30 de setembro de 2004
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Marta Cristina Teixeira Duarte
Beneficiário:Ewerton Eduardo Leme
Instituição-sede: Centro Pluridisciplinar de Pesquisas Químicas, Biológicas e Agrícolas (CPQBA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Paulínia , SP, Brasil
Assunto(s):Anti-infecciosos   Testes de sensibilidade microbiana   Plantas medicinais   Escherichia coli   Óleos essenciais

Resumo

Escherichia coli, enterobactéria constituinte da microbiota intestinal normal humana e de várias espécies animais, apresenta mecanismos de patogenicidade ou "fatores de virulência" que a capacita causar quadros infecciosos diversos, incluindo a possibilidade de óbito, em se tratando de crianças ou animais recém-nascidos. Algumas linhagens de E. coli enteropatogênicas podem colonizar o epitélio intestinal de seres humanos, onde, por meio de mecanismos diversos, provocam um quadro patológico que se manifesta sob a forma de diarréia aquosa profusa ou disenteria, em crianças e adultos. Existem várias maneiras pelas quais homens e animais podem se contaminar com E. coli. Uma importante fonte de contaminação desses organismos para humanos são os alimentos, freqüentemente contaminados com E. coli resistente a antimicrobianos. A resistência de patógenos humanos a múltiplas drogas indica a necessidade para se pesquisar substâncias antimicrobianas a partir de novas fontes, incluindo plantas. Plantas utilizadas na medicina tradicional apresentam uma variedade de compostos com propriedades terapêuticas conhecidas. No entanto, poucas informações estão disponíveis sobre a atividade de plantas medicinais contra a bactéria E. coli. O propósito deste trabalho é estudar a atividade antimicrobiana de extratos e óleos essenciais de plantas medicinais e aromáticas contra linhagens da bactéria E. coli, patogênicas para humanos. (AU)