Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência da estrutura da paisagem na composição de comunidades de aves em praças do município de Rio Claro, SP.

Processo: 07/03981-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2008
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Pesquisador responsável:Silvio Frosini de Barros Ferraz
Beneficiário:Angel Leal
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Assunto(s):Avifauna   Ecologia da paisagem

Resumo

Muitos estudos relacionados com a ecologia das aves têm focado nos ecossistemas naturais, enquanto os ecossistemas urbanos têm sido ignorados. Todavia, com a rápida urbanização e alteração dos hábitats, a importância de se compreender a relação da biodiversidade com o meio tem se tornado plausível. O crescimento urbano encontra-se tipicamente associado à fragmentação, perda e isolamento de hábitats, mudanças na composição das comunidades e alteração nos ciclos hidrológicos e de nutrientes. Estes aspectos têm se tornado muito importantes na caracterização da degradação ecológica ao longo da história através da criação de diversos mosaicos. Esse crescimento progressivo ressalta a necessidade de se compreender a dinâmica e os processos do ecossistema urbano. As praças oferecem muitos hábitats em potencial para as aves, proporcionando oportunidades no estudo da relação entre a fauna e as alterações provocadas pelo Homem, como a degradação da vegetação, a redução da área, a construção civil, entre outras. As aves desempenham papel fundamental na compreensão dos mecanismos que regulam os efeitos da urbanização, uma vez que este grupo encontra-se taxonomicamente muito semelhante em diferentes meios urbanos. Portanto, este projeto pretende avaliar essa lacuna de informações a cerca da importância da preservação da biodiversidade em ecossistemas urbanos. Por meio de amostragens sazonais, iremos avaliar como a riqueza de aves e os grupos funcionais (guildas) são afetados por variáveis do meio físico (área florestal, densidade de sub-bosque) e estruturais da paisagem (tamanho das praças e distância para a matriz regional). Com a implementação do projeto, esperamos testar a teoria da biogeografia de ilhas em uma paisagem urbana, sendo que os resultados poderão fornecer subsídios para manejo de avi-fauna em ambientes urbanos.