Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência da aplicação de fluido de corte no torneamento de Ti-6Al-4V

Processo: 06/07080-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2007
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2008
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Mecânica
Pesquisador responsável:Marcos Valério Ribeiro
Beneficiário:Fernando Cesar Yukio Cursino Sato
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FEG). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Guaratinguetá. Guaratinguetá , SP, Brasil
Assunto(s):Usinagem   Torneamento   Desgaste (tribologia)   Ferramentas   Fluidos de corte e usinagem   Titânio   Lubrificantes

Resumo

A escolha da ferramenta adequada para uma determinada operação e a determinação correta das condições de usinagem, representam um papel importante no trabalho com os metais, sendo um fator determinante da evolução das máquinas-ferramenta e das ferramentas de corte. Tal fato se acentua na produção seriada, onde divergências na escolha da velocidade de corte e ferramenta podem acarretar variações notáveis nos custos de fabricação. O processo de usinagem de ligas de Ti-6Al-4V é de custo elevado e o crescimento de suas aplicações em várias áreas da engenharia incentivam a realização de algumas análises sobre a otimização de suas condições de usinagem, como por exemplo a utilização de fluidos de corte para reduzir o desgaste de ferramentas e aumentar a produtividade. Surgem então novos conceitos, como a usinagem com quantidades mínimas de lubrificante. (MQL), uma vez que esses fluidos representam grande parcela do custo final da peça, como consequência de gastos com a manutenção e descarte. Um dos principais fatores que influenciam no estado final da peça usinada, além das condições de usinagem, é a forma e a quantidade de aplicação dos fluidos de corte no processo. Isto fica ainda mais evidente quando se questionam os custos com os fluidos de corte no setor produtivo, estimados em cerca de 17% dos custos de produção. O trabalho proposto visa o estudo da influência da técnica de utilização de mínimas quantidades de lubrificante (MQL), para a otimização dos processos de usinagem da liga Ti-6Al-4V, proporcionando aumentos reais de produtividade e benefícios ao meio ambiente. (AU)