Busca avançada
Ano de início
Entree

Expressão de receptores de dopamina em camundongos sensíveis e tolerantes a catalepsia induzida pelo L-NOARG

Processo: 02/10609-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2002
Vigência (Término): 30 de novembro de 2004
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Elaine Aparecida Del Bel Belluz Guimarães
Beneficiário:Melina Mizusaki Iyomasa Pilon
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:98/10639-7 - Neurobiologia de respostas comportamentais a eventos aversivos 2, AP.TEM
Assunto(s):Dopamina   Óxido nítrico   Catalepsia

Resumo

O objetivo geral do presente trabalho é dar continuidade à investigação da influência do Óxido Nítrico (NO) sobre a regulação da atividade motora no sistema nervoso central. A regulação da neurotransmissão NO pela dopamina foi comprovada em estudos diversos. Impulsos dopaminérgicos nigro-estriatais influenciam neurônios de projeção médios estriatais diretamente, por meio de estimulação de receptores dopaminérgicos D1 e D2 e indiretamente, por meio da alteração de atividade de interneurônios Sintase do Óxido Nítrico (NOS)-positivos. O aparecimento de tolerância ao efeito cataléptico do haloperidol estaria correlacionado à super-sensibilidade dos receptores dopaminérgicos apresentando mudança em direção à maior ligação com agonistas no decorrer do tempo. Adicionalmente, animais tratados cronicamente com neurolépticos apresentam modificações na morfologia e densidade sináptica estriatal indicando reorganização sináptica. O mecanismo do aparecimento de tolerância à catalepsia induzida pelo L-NG-nitroarginina (L-NOARG), um inibidor da NOS, simultaneamente â indução de catalepsia pelo haloperidol ainda não foi estudado. Objetivo. Determinar a expressão quantitativa de RNA mensageiro para receptor D1/D2 de Dopamina no estriado de camundongos após indução de catalepsia por administração aguda e crônica (aparecimento de tolerância) de L-NOARG. (AU)