Busca avançada
Ano de início
Entree

Uso de diferentes modelos em imagens de satélite para detecção de diferentes componentes opticamente ativos, durante eventos de ressurgência na plataforma continental de Cabo Frio-RJ

Processo: 09/10856-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2009
Vigência (Término): 31 de outubro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Oceanografia - Oceanografia Biológica
Pesquisador responsável:Aurea Maria Ciotti
Beneficiário:Elena Fukasawa Galvanese
Instituição-sede: Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus Experimental do Litoral Paulista. São Vicente , SP, Brasil
Assunto(s):Sensoriamento remoto   Clorofila

Resumo

A radiância resultante das interações da luz com os componentes presentes na água, pode ser captada por sensores (e.g. radiômetros) instalados em satélites em órbita, e registros sinópticos podem ser estudados e comparados. Sensores de cor do oceano têm se mostrado excelentes ferramentas para estudos de processos locais, regionais e globais, em diferentes escalas de tempo, e nos últimos anos uma série de novos produtos tem sido extraída e validada nessas imagens. Através da aplicação de modelos empíricos ou semi-analíticos, a concentração e algumas características de componentes presentes na água podem ser descritos, possibilitando um maior conhecimento sobre a composição das diferentes massas d'água bem como melhor entendimento dos processos biológicos associados a essas massas. O presente trabalho busca caracterizar a região de Cabo Frio durante processos de ressurgência costeira, através da análise dos componentes bio-ópticos estimados por diferentes modelos empíricos e semi-analíticos em imagens de satélite da cor do oceano do satélite MODIS/AQUA. . Os modelos comparados serão OC3M, GSM1 e QAA, já implementados. Para melhor detalhamento do processo, imagens diárias serão adquiridas em nível L0, e todo processamento até nível L2 será feito com programa SeaDas 5.3.