Busca avançada
Ano de início
Entree

Dispersão larval radial pós-alimentar em moscas-varejeiras do gênero Chrysomya (Diptera: Calliphoridae)

Processo: 00/06336-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2000
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2002
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Aplicada
Pesquisador responsável:Claudio José von Zuben
Beneficiário:Leonardo Gomes
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:98/09939-6 - Ecologia populacional de moscas-varejeiras: implantação, modelagem e simulação de fenômenos biológicos, AP.JP
Assunto(s):Entomologia forense   Calliphoridae   Modelos matemáticos   Estimativa de intervalo pós-morte

Resumo

Moscas-varejeiras do gênero Chrysomya foram introduzidas no Brasil em meados dos anos 70, e são de considerável importância médico-sanitária, podendo ser vetores de enteropatógenos, causar miíases facultativas nos animais e no homem, além de poderem ser utilizadas em estudos forenses, na estimativa de intervalo pós morte (IPM) em humanos. Nessas moscas, o estágio larval é o principal período em que ocorre competição por recursos alimentares discretos e efêmeros, em ambientes naturais. Após a exaustão dos recursos alimentares, as larvas abandonam o substrato alimentar em busca de um sítio para pupação. O estudo desse processo de dispersão larval pós-alimentar, envolvendo a investigação da distância percorrida e profundidade atingida pelas larvas para empupar e distribuição espacial das pupas nos sítios de pupação, dentre outros fatores, pode ser muito útil para uma futura aplicação em estudos de medicina legal. Isso porque a não consideração do processo de dispersão larval pós-alimentar nesses estudos, pode levar à uma subestimativa do intervalo pós-morte em cadáveres humanos. O nosso objetivo é dar continuidade ao estudo desse processo de dispersão, porém considerando a dispersão larval radial e não somente a dispersão numa única direção considerada em estudos anteriores. Além da coleta de ciados de dispersão larval em populações experimentais, será proposta uma modelagem matemática que procure refletir adequadamente esse processo de dispersão larval. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LEONARDO GOMES; MARCOS ROGÉRIO SANCHES; CLAUDIO JOSÉ VON ZUBEN. Behavior of the combined radial post-feeding larval dispersal of the blowflies Chrysomya megacephala and Chrysomya albiceps (Diptera, Calliphoridae) and implications for forensic entomology. Brazilian Archives of Biology and Technology, v. 50, n. 2, p. 279-288, Mar. 2007.
GOMES‚ L.; ZUBEN‚ C.J.V. Postfeeding radial dispersal in larvae of Chrysomya albiceps(Diptera: Calliphoridae): implications for forensic entomology. Forensic Science International, v. 155, n. 1, p. 61-64, 2005.
LEONARDO GOMES; CLAUDIO JOSÉ VON ZUBEN; MARCOS ROGÉRIO SANCHES. Estudo da dispersão larval radial pós-alimentar em Chrysomya megacephala (Fabricius) (Diptera, Calliphoridae). Revista Brasileira de Entomologia, v. 47, n. 2, p. 229-234, 2003.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.