Busca avançada
Ano de início
Entree

Triagem Auditiva Neonatal: Comparação entre os testes de Emissões Otoacústicas, Imitanciometria e condutas quanto à amamentação.

Processo: 09/16066-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2010
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2010
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fonoaudiologia
Pesquisador responsável:Maria Francisca Colella dos Santos
Beneficiário:Joice Milla Bagni
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Emissões otoacústicas   Audiologia   Imitanciometria   Aleitamento materno

Resumo

Os programas de Triagem Auditiva Neonatal (TAN) surgiram com a finalidade de identificar o mais precocemente possível casos com suspeita de alterações no sistema auditivo.Ao longo da história dos programas de TAN, muitas técnicas têm sido empregadas na busca pela maior eficácia e viabilidade de tais programas, dentre elas está a utilização das Emissões Otoacústicas Transientes (EOAT). Este teste, no entanto, não fornece a indicação exata de onde se dá o acometimento responsável pela perda auditiva, se este se encontra em nível de orelha média ou interna, fazendo-se necessária à utilização concomitante da Imitanciometria. Este estudo tem por objetivo, analisar os achados obtidos na Triagem Auditiva Neonatal considerando-se os resultados das EOAT e a Imitanciometria. Para este fim, serão avaliados aproximadamente 60 recém-nascidos provenientes da Triagem Auditiva Neonatal realizada em lactentes nascidos no Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (CAISM). A Triagem será realizada no Centro de Pesquisa em Reabilitação Prof.° Dr. Gabriel Porto (CEPRE) onde os recém-nascidos passarão pelo teste de EOAT, pela Imitanciometria e em seguida será realizada uma entrevista com os pais e/ou responsáveis pelos mesmos com a finalidade de obter, por meio de um questionário pré-estabelecido, fatores de risco para perda auditiva, tanto de origem condutiva como neurossensorial, além de informações referentes à amamentação. Estes também serão orientados quanto a medidas preventivas cabíveis. Os dados coletados serão comparados com os achados obtidos por meio das EOAT e pela Imitanciometria e apresentados por meio de tabelas. Os que necessitarem de um re-teste terão os resultados comparados e associados aos cuidados ministrados quanto à amamentação.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)