Busca avançada
Ano de início
Entree

Triagem auditiva e acompanhamento audiologico de escolares de 4 a 7 anos.

Processo: 07/58019-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2008
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2008
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fonoaudiologia
Pesquisador responsável:Maria Francisca Colella dos Santos
Beneficiário:Fernanda Yamamura Oshiro
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Otite média   Crianças em idade escolar   Triagem auditiva   Processamento auditivo   Estimulação auditiva

Resumo

A audição desempenha um papel fundamental no desenvolvimento global da criança. A perda auditiva pode acarretar diversos prejuízos, principalmente se não for detectada precocemente. A perda auditiva infantil tem grande influência no desenvolvimento de fala, linguagem e aprendizado escolar. A otite média é uma patologia freqüente em crianças na idade escolar e é considerada como uma das principais causas de perdas auditivas periféricas e alterações do processamento auditivo, complicações importantes relacionadas à comunicação e aprendizagem. A otite tem manifestação recorrente e assintomática, o que dificulta a detecção da alteração por parte da criança e mesmo dos pais, atrasando o diagnóstico e a conduta terapêutica. Assim sendo, o objetivo deste trabalho é analisar o desempenho de escolares na triagem auditiva, considerando-se o sexo masculino e feminino e a faixa etária. Para tal, serão avaliadas 80 crianças de 4 a 7 anos, que freqüentam o Programa de Desenvolvimento e Integração da Criança e do Adolescente (PRODECAD) da Unicamp. A triagem auditiva será constituída pela inspeção visual do meato acústico externo, timpanometria e pesquisa do reflexo acústico, além dos testes especiais de Localização Sonora, Memória Seqüencial para Sons verbais e Não Verbais. As crianças que falharem nos testes especiais participarão de um grupo de estimulação das habilidades auditivas e serão reavaliadas posteriormente. As crianças que falharem na triagem auditiva serão encaminhadas para avaliação audiológica básica. Serão promovidos grupos de orientação aos professores do PRODECAD. Os resultados obtidos em cada teste serão registrados em folha de registro (anexo II), assim como dados de identificação e principais achados informados pelos pais por meio do questionário preenchido por eles. Os dados registrados na folha de marcação serão tabulados e analisados estatisticamente. Serão construídas tabelas descritivas com o resultado da triagem auditiva relacionado às variáveis. Os resultados obtidos serão analisados e comparados com os resultados da literatura especializada. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)