Busca avançada
Ano de início
Entree

Critérios para a gestão de redes locais de estradas não pavimentadas - região de General Salgado

Processo: 08/07509-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2008
Vigência (Término): 31 de agosto de 2009
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Civil - Infra-estrutura de Transportes
Pesquisador responsável:Eliane Viviani
Beneficiário:Dorival Luiz Junior
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Zona rural   Estradas   Desenvolvimento sustentável   Desenvolvimento rural   Sistema de informação geográfica (SIG)

Resumo

Estimativas apontam que nos países em desenvolvimento aproximadamente dois terços da população (em torno de três bilhões de pessoas) residem em áreas rurais, em geral isoladas e caracterizadas pelo acesso precário aos serviços básicos (saúde, educação, comércio, lazer etc). O Brasil está inserido neste contexto, no qual as estradas rurais não pavimentadas desempenham importante papel socioeconômico. No entanto, grande parte dessas vias não consegue responder eficientemente aos níveis de serviço desejáveis, estando na maioria das vezes sob uma gestão precária, acarretando prejuízos econômicos, danos à população rural, e também graves problemas ambientais. Neste cenário, a implantação de sistemas de gerência de vias aliados aos Sistemas de Informações Geográficas (SIG), aparece como uma solução promissora para resolver grande parte dos problemas relacionados às redes de vias rurais não pavimentadas. Enquadra-se também neste âmbito a Análise Multicriterial, metodologia de auxílio às tomadas de decisão, evidenciando prioridades, estabelecendo a melhor aplicação dos recursos disponíveis e apontando para um desenvolvimento sustentável fundamental às tomadas de decisão nos mais diversos níveis e nas mais diversas áreas de gestão. Em consonância com as tendências citadas, aparece o Programa Estadual de Microbacias Hidrográficas (PEMH), desenvolvido pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, com o objetivo de promover o desenvolvimento rural sustentável por meio de uma ampla gama de ações, abrangendo também a redução do custo de manutenção das estradas rurais. Com base no PEMH, a regional de General Salgado se destaca das demais, apresentando o maior número de microbacias atendidas contíguas e justifica, portanto, a sua definição como área de aplicação da pesquisa proposta.