Busca avançada
Ano de início
Entree

Dinâmica do carbono na vegetação ao longo do eixo leste-oeste da Amazônia brasileira

Processo: 04/05555-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2004
Vigência (Término): 30 de setembro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Pesquisador responsável:Plínio Barbosa de Camargo
Beneficiário:Simone Aparecida Vieira
Instituição-sede: Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:03/12595-7 - Composição florística, estrutura e funcionamento da Floresta Ombrófila Densa dos Núcleos Picinguaba e Santa Virgínia do Parque Estadual da Serra do Mar, estado de São Paulo, Brasil, AP.BTA.TEM
Assunto(s):Ecossistemas florestais   Florestas tropicais   Árvores florestais   Ciclo do carbono   Dendrometria   Mudança climática

Resumo

Para predizer o potencial da floresta tropical de estocar ou perder carbono, é necessário entender as variações na estrutura e na dinâmica das árvores deste ecossistema. De maneira geral, as florestas tropicais têm sido tratadas como se comportassem de forma similar e pouco se sabe sobre a variação da estrutura destas florestas ao longo da bacia Amazônica. Com o objetivo de compreender a dinâmica do carbono em florestas primárias, serão investigadas 3 áreas de florestas ao longo da bacia Amazônica: Manaus (AM), Rio Branco (AC) e Santarém (PA). Estes locais de estudo encontram-se ao longo de um transecto leste-oeste da Amazônia e representam áreas que apresentam diferenças de duração do período seco. Técnicas de análise radiocarbônica e dendrométricas serão empregadas, a fim de identificar as possíveis fontes de variação dentro e entre as áreas de estudo. Resultados prévios demonstraram que as áreas apresentaram diferenças na estrutura da floresta, na biomassa, na taxa de crescimento, na idade das árvores e na quantidade de carbono acumulado anualmente. Constatações feitas como a de que árvores pequenas podem alcançar idades avançadas, podem alterar o enfoque dado até o momento aos planos de manejo florestal, cujos parâmetros principais são as árvores de interesse econômico e o tempo que estas levam para atingir o diâmetro comercial. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Declínio na produtividade das plantas é questionado 

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
VIEIRA, SIMONE A.; ALVES, LUCIANA F.; DUARTE-NETO, PAULO J.; MARTINS, SUSIAN C.; VEIGA, LARISSA G.; SCARANELLO, MARCOS A.; PICOLLO, MARISA C.; CAMARGO, PLINIO B.; DO CARMO, JANAINA B.; NETO, ERACLITO SOUSA; SANTOS, FLAVIO A. M.; JOLY, CARLOS A.; MARTINELLI, LUIZ A. Stocks of carbon and nitrogen and partitioning between above- and belowground pools in the Brazilian coastal Atlantic Forest elevation range. ECOLOGY AND EVOLUTION, v. 1, n. 3, p. 421-434, NOV 2011. Citações Web of Science: 30.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.