Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação experimental do gambá (Didelphis aurita) na epidemiologia da febre maculosa brasileira e de outras riquettsioses

Processo: 06/50650-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2006
Vigência (Término): 31 de julho de 2008
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Marcelo Bahia Labruna
Beneficiário:Mauricio Claudio Horta
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Amblyomma   Rickettsia rickettsii   Carrapatos   Gambás

Resumo

Para entender a importância dos animais no ciclo de Rickettsia spp., além do conhecimento sobre a ocorrência da infecção natural nesses animais; é fundamental estudar as espécies e estádios de carrapatos que parasitam os hospedeiros em condições naturais; dinâmica e inter-relações entre os hospedeiros, vetores e as bactérias em um foco natural; e a evolução da infecção experimental em animais não imunes, com referência particular da duração da ríquetsemia, níveis necessários para infectar os vetores e aparecimento e persistência de anticorpos. Estudos prévios nos EUA e no Brasil incriminaram os gambás (Didelphis spp.) como potenciais hospedeiros amplificadores de Rickettsia rickettsii na natureza, servindo de fonte de infecção para carrapatos não infectados. Esse estudo visa o entendimento desses fatores, através da inoculação experimental de Rickettsia spp. em gambás (carrapatos infectados e agulha), obtendo-se dados sobre avaliação clínica e hematológica dos animais, verificação do período de infecção, níveis de ríquetsemia, curva de anticorpos, infecção de carrapatos Amblyomma cajennense através do parasitismo em gambás e infestação desses carrapatos em coelhos de laboratório, para verificação da transmissão do agente. Os resultados obtidos fornecerão subsídios para avaliar o papel dos gambás na ecologia da febre maculosa em áreas do Brasil onde o carrapato A. cajennense é implicado como vetor. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
HORTA, MAURICIO C.; SABATINI, GUILHERME S.; MORAES-FILHO, JONAS; OGRZEWALSKA, MARIA; CANAL, RAONI B.; PACHECO, RICHARD C.; MARTINS, THIAGO F.; MATUSHIMA, ELIANA R.; LABRUNA, MARCELO B. Experimental Infection of the Opossum Didelphis aurita by Rickettsia felis, Rickettsia bellii, and Rickettsia parkeri and Evaluation of the Transmission of the Infection to Ticks Amblyomma cajennense and Amblyomma dubitatum. VECTOR-BORNE AND ZOONOTIC DISEASES, v. 10, n. 10, p. 959-967, DEC 2010. Citações Web of Science: 28.
SOUZA, CELSO E.; MORAES-FILHO, JONAS; OGRZEWALSKA, MARIA; UCHOA, FRANSCISCO C.; HORTA, MAURICIO C.; SOUZA, SAVINA S. L.; BORBA, RENATA C. M.; LABRUNA, MARCELO B. Experimental infection of capybaras Hydrochoerus hydrochaeris by Rickettsia rickettsii and evaluation of the transmission of the infection to ticks Amblyomma cajennense. Veterinary Parasitology, v. 161, n. 1-2, p. 116-121, APR 6 2009. Citações Web of Science: 48.
LABRUNA‚ M.B.; HORTA‚ M.C.; AGUIAR‚ D.M.; CAVALCANTE‚ G.T.; PINTER‚ A.; GENNARI‚ S.M.; CAMARGO‚ L.M.A. Prevalence of Rickettsia infection in dogs from the urban and rural areas of Monte Negro Municipality‚ western Amazon‚ Brazil. VECTOR-BORNE AND ZOONOTIC DISEASES, v. 7, n. 2, p. 249-255, 2007.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.