Busca avançada
Ano de início
Entree

A arte de educar e a estética na educação: considerações a partir de Theodor W. Adorno

Processo: 05/01882-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2005
Vigência (Término): 31 de outubro de 2007
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Fundamentos da Educação
Pesquisador responsável:Pedro Angelo Pagni
Beneficiário:Anderson Luíz Pereira
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Marília. Marília , SP, Brasil
Assunto(s):Estética (filosofia)   Filosofia da educação   Hermenêutica

Resumo

A presente pesquisa, de natureza teórica, pretende investigar as possibilidades de se conceber a educação como uma arte, como um meio de resistência à racionalidade instrumental e à atitude irreflexiva instaurada na atividade docente. Para tanto, recorre-se à obra de Theodor W. Adorno, especialmente às suas conferências sobre a educação e à sua teoria estética, de modo a discutir as possíveis correspondências entre o processo de produção e recepção artística e o processo comunicativo que compreende a relação pedagógica, focalizando qual seria a dimensão estética da atividade educativa e como seus problemas poderiam ser objetos da reflexão do educador. Embora Adorno não tenha pensado no problema desse projeto, pretende-se, por intermédio do método de interpretação hermenêutica, interpelar a obra do frankfurtiano com essa problemática, seguindo as pistas, contidas em suas obras, que se aproximam do assunto. Com isso, discutiremos em que medida a arte de educar, em seu processo de produção, promove uma verdadeira experiência estética, delineando esta dimensão da atividade educativa e os problemas a serem objetos da reflexão filosófica do artista-educador. (AU)