Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da atividade anti-Leishmania induzida pelo veneno total de Crotalus durissus cascavella e suas frações protéicas purificadas

Processo: 08/57116-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2009
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Protozoologia de Parasitos
Pesquisador responsável:Marcos Hikari Toyama
Beneficiário:Alexis de Sá Ribeiro do Bonfim de Melo
Instituição-sede: Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus Experimental do Litoral Paulista. São Vicente , SP, Brasil
Assunto(s):Leishmania mexicana   Crotamina   Óxido nítrico

Resumo

Venenos são constituídos em sua maioria por proteínas e peptídeos com diversas atividades farmacológicas, desta forma, são promissoras fontes de moléculas biologicamente ativas para o desenvolvimento de novos fármacos. Recentemente, foi publicado que os venenos de serpentes do gênero Crotalus sp. bem como suas frações protéicas purificadas apresentam atividades contra promastigotas de Leishmania (Leishmania) amazonensis. Contudo, até o momento não foi verificada a atividade contra formas amastigotas intracelulares, que é a forma persistente no hospedeiro vertebrado. Através de HPLC de fase reversa, serão purificadas a crotamina, giroxina e convulxina de Crotalus durissus sp, cuja homogeneidade molecular será confirmada por SDS-PAGE. Estas proteínas serão incubadas, em concentrações a determinar em nossos protocolos experimentais, com macrófagos peritoneais previamente infectados por 24h com L. amazonensis. Após 24h de incubação o índice de infecção será estudado bem como os níveis de óxido nítrico produzidos pelos macrófagos tratados e não tratados. Também será avaliado o perfil de interleucinas produzidos por linfócitos extraídos do linfonodo popliteal de camundongos da linhagem BALB/c cronicamente infectados, na tentativa de encontrar uma proteína com atividade inibitória contra o parasito e também capaz de estimular citocinas relacionadas ao perfil Th-1. (AU)