Busca avançada
Ano de início
Entree

Prevalência das mutações C677T e A1298C do gene da metilenotetrahidrofolato redutase (MTHFR) entre pacientes com câncer de mama

Processo: 05/04613-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2006
Vigência (Término): 31 de março de 2008
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Humana e Médica
Pesquisador responsável:Carmen Sílvia Bertuzzo
Beneficiário:Julia Girardi Cutovoi
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Genética molecular   Polimorfismo genético   Neoplasias mamárias

Resumo

Introdução: Reações do metabolismo do ácido fólico são catalisadas pela enzima 5, 10-metilenotetrahidrofolato redutase (MTHFR). Devido à importância do metabolismo normal do ácido fólico em relação à metilação do DNA, alterações no gene da enzima MTHFR representam a maior causa de erros de formação em recém-nascidos. A importância da MTHFR consta em sua atuação em processos envolvidos na metilação do DNA. A metilação do DNA é um mecanismo global de regulação da expressão gênica. A deficiência da MTHFR pode levar a um quadro de hipometilação do DNA. Foi demonstrado, por meio de estudos clínicos e experimentais, que o DNA hipometilado está associado à instabilidade cromossômica e à segregação anormal. Diversos pesquisadores sugerem que a instabilidade e aneuploidia observadas em tumores humano relacionam-se com a diversidade de hipometilação do DNA genômico, já que o desbalanceamento provocado por rearranjos nos cromossomos afeta a dosagem de genes supressores de tumores, com a possível perda da heterozigose. Foi concluído que a baixa atividade da enzima MTHFR pela mutação C677T de seu gene pode aumentar o risco de ocorrência de câncer de mama abaixo dos 40 anos de idade.Justificativa: O papel do ácido fólico no câncer de mama já foi investigado por muitos estudos e a maioria demonstrou que o consumo de folato é fortemente associado ao risco de câncer de mama, porém, poucos estudos investigaram a influência do polimorfismo C677T e do A1298C no gene da MTHFR no câncer de mama.Objetivo: Investigar a prevalência dos polimorfismos C677T e A1298C em uma amostra de mulheres portadoras de CA de mama. Métodos: O estudo analisará 350 indivíduos divididos em quatro grupos distintos de estudo, (I) pacientes portadores de câncer de mama com histórico familiar, (II) pacientes portadores de câncer de mama sem histórico familiar, (III) indivíduos sem diagnóstico de câncer de mama com histórico familiar, (IV) indivíduos sem diagnóstico de câncer de mama sem histórico familiar. Serão utilizados DNAs já extraídos em outro estudo e armazenados no Laboratório de Genética Molecular do DGM/FCM. A análise das mutações no gene da MTHFR é baseada na técnica da reação em cadeia da polimerase (PCR) e posterior digestão enzimática específica.