Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização das proteínas Sdo1p e Nop17p no processamento de rRNA em Saccharomyces cerevisiae

Processo: 06/56990-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2007
Vigência (Término): 31 de julho de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Carla Columbano de Oliveira
Beneficiário:Raphaela de Castro Georg
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Saccharomyces cerevisiae   Processamento de RNA   RNA ribossômico   Eucariotos

Resumo

Em eucariotos, todos os tipos de RNA passam por várias etapas de processamento para a sua maturação e a eficiência com a qual essas etapas são cumpridas tem um efeito direto no controle de expressão gênica. Os mRNAs sofrem a adição do cap na extremidade 5, splicing e poliadenilação antes de seu transporte para o citoplasma, locai onde serão traduzidos. Os rRNAs, snRNAs, snoRNAs e tRNAs, passam também por várias etapas de processamento. Todas essas etapas envolvem interações específicas RNA-RNA, RNA - proteína e proteina-proteína. São estas interações que determinam a eficiência e o tempo de tradução dos mRNAs e portanto, são essenciais para o controle da expressão gênica. Nosso laboratório tem realizado vários estudos que levaram a identificação de novas proteínas de Saccharomyces cerevisiae envolvidas no processamento de RNA. A continuação dessa linha de pesquisa em nosso laboratório envolve a caracterização de outras proteínas de S. cerevisiae, potencialmente envolvidas em processamento de RNA. YLR022p é uma proteína essencial que não possui ainda sua função caracterizada, mas apresenta evidências de que esteja relacionada com o processamento de rRNA e mRNA. A caracterização funcional dessa proteína em levedura gerará dados inéditos, com possíveis implicações na área de controle pós-transcricional de expressão gênica. (AU)