Busca avançada
Ano de início
Entree

Religiosidade e cotidiano escravo: cinco perspectivas: Arthur ramos, Roger Bastide e João José Reis

Processo: 96/09808-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 1997
Vigência (Término): 31 de dezembro de 1998
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História do Brasil
Pesquisador responsável:Celia Maria Marinho de Azevedo
Beneficiário:Cristina Carrijo Galvão
Instituição-sede: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Cultura afro-brasileira   Escravidão   Escravos   Religiosidade popular

Resumo

O objetivo deste projeto é, através da análise da bibliografia, apreender a religiosidade escrava enquanto um campo privilegiado do estudo de suas vivências cotidianas na história do Brasil, enfocando cinco autores: Nina Rodrigues, Gilberto Freyre, Arthur Ramos, Roger Bastide e João José Reis. A análise buscará (por uma abordagem sócio-cultural) resgatar a historicidade de cada texto e, assim, as contribuições específicas desses autores, identificando as diferentes visões da importância da religiosidade dos escravos enquanto um fator de construção de uma cultura própria, suas relações com a religião oficial dos senhores e seu exercício na vida cotidiana. (AU)