Busca avançada
Ano de início
Entree

Manejo de adubacao nitrogenada e desenvolvimento do algodoeiro em sistema de plantio direto.

Processo: 05/55267-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2005
Vigência (Término): 31 de agosto de 2006
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia
Pesquisador responsável:Enes Furlani Junior
Beneficiário:Vando Quevedo Andrea
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FEIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Ilha Solteira. Ilha Solteira , SP, Brasil
Assunto(s):Algodão   Plantio direto   Nitrogênio

Resumo

A cultura do algodão no país vem se destacando no cenário nacional pelas produtividades elevadas, sendo este fator conseqüência do nível tecnológico dos produtores, técnicos agrônomos e condições climáticas favoráveis. Outra característica das lavouras de algodão é a utilizações elevada de fertilizantes, onde extensas áreas são cultivadas no sistema de plantio direto, e as recomendações de adubação são praticamente as mesmas independentes da fertilidade do solo e do histórico de cultivo destes campos, resultando no aumento dos custos de produção. Os nutrientes nitrogênio (N) e potássio (K), juntamente com o fósforo (P), são utilizados em maiores quantidades nesta cultura, porém o N e o K são aplicados no plantio e em várias adubações de cobertura, influenciando na parte operacional e estrutural das lavouras (Zancarano et al, 2002). No contexto atual, as metodologias que vem sendo usadas para adubação nitrogenada em lavouras de algodão no sistema de plantio direto não foram alvos de muitas pesquisas, sendo que a cultura do algodoeiro possui importância significativa no quadro agrícola brasileiro. Portanto objetiva-se neste trabalho, buscar o equilíbrio na adubação nitrogenada da cultura do algodoeiro no sistema de plantio direto, avaliando a influência das doses e formas de aplicação de nitrogênio sobre o rendimento da cultura de algodão. O experimento será instalado na Fazenda de ensino e pesquisa da Faculdade de Engenharia-Campus de Ilha Solteira-UNESP. (AU)