Busca avançada
Ano de início
Entree

Mocambique danca! a companhia nacional de canto e danca e invencao de uma cultura nacional (1979-1986).

Processo: 02/03995-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2002
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2003
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Antropologia - Antropologia Urbana
Pesquisador responsável:Omar Ribeiro Thomaz
Beneficiário:Camila Bellotti de Melo
Instituição-sede: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:00/01049-3 - Contextos cosmopolitas: a sociedade colonial e a invenção de Moçambique, AP.JP
Assunto(s):Nacionalismo   Moçambique

Resumo

Este projeto de pesquisa pretende circunscrever dentro dos alcances de uma iniciação científica o papel de um dos agentes culturais mais importantes de Moçambique no período pós-colonial, a saber, a Companhia Nacional de Canto e Dança. Surgida em 1979, a CNCD está vinculada a uma intensa efervescência política e cultural que caracterizou os anos que seguiram a independência deste país africano. Por que no momento logo após a independência o Estado moçambicano optou por fundar uma Cia Nacional de Canto e Dança? Qual o lugar do "canto" e da "dança" no interior de um projeto que se quer emancipatório? De que modo a FRELIMO conjuga as noções de "tradição" e "modernidade" da seleção que procede das manifestações culturais africanas a serem incorporadas no repertório da CNCD? Por que a opção de algumas "tradições" em detrimento de outras? Estas e outras questões orientam este projeto de pesquisa. (AU)