Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do papel do óxido nítrico e espécies relacionadas na doença periodontal em ratos: participação das glândulas salivares parótida e submandibular

Processo: 03/09014-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2004
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2004
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Bioquímica e Molecular
Pesquisador responsável:Marcelo Nicolas Muscara
Beneficiário:Aline Maia Dantas
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Óxido nítrico sintase   Ratos   Glândulas salivares   Periodontite

Resumo

A doença periodontal é a doença crônica mais prevalente na dentição humana, e está relacionada com dois fatores etiológicos principais: a presença de associações de bactérias e seus produtos e a própria destruição tecidual causada pelas células de defesa do hospedeiro. As glândulas salivares exercem importante papel na regulação da homeostase no meio bucal, já que a saliva é geralmente a primeira barreira que os microorganismos encontram nesta cavidade. Por outro lado, o óxido nítrico (NO) é um dos mediadores envolvidos nos processos inflamatórios (dentre eles, a doença periodontal). O NO parece ser importante regulador do metabolismo ósseo, podendo assim jogar importante papel na perda óssea secundária à doença periodontal. Contudo, a relação entre o NO e a doença periodontal não está muito clara e há informações limitadas (e algumas vezes controversas) sobre a produção e a ação de NO na cavidade bucal. De forma complementar ao projeto "Avaliação do papel do óxido nítrico e espécies relacionadas na doença periodontal em ratos" (apoiado pela FAPESP através da concessão de bolsa de mestrado - processo 02/10087-1; vide anexo), os objetivos do presente projeto são: 1) estudar a produção de saliva em ratos com periodontite e sob inibição crônica da síntese de NO; 2) avaliar as atividades, expressão protéica e gênica das diversas isoformas de NOS nas glândulas salivares maiores parótida e submandibular. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.