Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterizacao morfologica, fisiologica e patogenica dos agentes causais de tres tipos de podridao mole em morangos.

Processo: 09/51779-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2009
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:Marise Cagnin Martins Parisi
Beneficiário:Bárbara Marçon Pereira da Silva
Instituição-sede: Instituto Biológico (IB). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Rhizopus   Fragaria   Pós-colheita   Mucor

Resumo

O morango, apesar de ser um fruto muito comercializado, possui limitada vida pós-colheita, apresentando alta suscetibilidade a agentes patogênicos. Entre as principais doenças pós-colheita desta fruta, destaca-se a podridão-mole, responsável por perdas quantitativas significativas no volume de frutos comercializados. A doença pode ser causada por várias espécies de fungos dos gêneros Rhizopus ou Mucor, com predominância de R. stolonifer, R. nigricans e M. mucedo. Em estudos preliminares, ainda não publicados, três diferentes sintomas da podridão mole foram observados em morangos. Estudos de caracterização dos agentes causais envolvidos na infecção se fazem necessários, visando auxiliar futuramente na escolha de medidas de controle mais eficientes para cada caso. Para tanto, a caracterização morfológica, fisiologia e patogênica dos agentes causais destes três tipos de podridão mole serão efetuadas. A caracterização morfológica será realizada através da determinação das dimensões dos esporos, esporângióforos e esporângios de cada isolado; a caracterização fisiológica, pela determinação das condições ambientais favoráveis a germinação dos esporos, crescimento micelial, esporulação e infecção dos diferentes isolados e a patogênica, pela avaliação da suscetibilidade de outras espécies de frutos da mesma família botânica do morango frente aos referidos isolados. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa: