Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de populações segregantes de soja para a seleção de genótipos resistentes ao cancro da haste, ao oídio e ao nematóide do cisto (raça 3 )

Processo: 00/09146-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2000
Vigência (Término): 30 de novembro de 2001
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Antonio Orlando Di Mauro
Beneficiário:Marcelo Marchi Costa
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Genótipo

Resumo

A presente proposta de trabalho encontra-se vinculada a um projeto temático (processo Fapesp 99/09399-4), o qual envolve o desenvolvimento de novas cultivares de soja resistentes ao cancro da haste, ao oídio e ao nematóide do cisto (raça 3), através da seleção assistida por marcadores moleculares. Nessa etapa do projeto, pretende-se criar, a variabilidade genética necessária para a imposição do processo seletivo a favor da resistência as três doenças e das demais características agronômicas de interesse. Assim, deverão ser efetuadas hibridações entre os parentas previamente selecionados, sendo obtidas, as sementes híbridas Fl. Com o objetivo de auferir ao acadêmico treinamento em termos de noções sobre as características de variação contínua e de variação descontínua em soja, serão efetuadas anotações relativas aos caracteres altura de plantas, altura de inserção do primeiro legume, cor da flor, cor da pubescência, além de outros, nas gerações parentais e no F1. Esses valores serão analisados estatisticamente de acordo com as recomendações de Snedecor e Cochran (1989) e de Fehr (1987). Com todas essas atividades, em resumo, pretende-se criar a variabilidade necessária para a condução do projeto e conferir ao estudante treinamento em genética e melhoramento da soja. (AU)