Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do flúor na composição inorgânica do biofilme dental em um modelo in situ de cárie radicular e alta exposição à sacarose

Processo: 07/07449-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2008
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2008
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Cinthia Pereira Machado Tabchoury
Beneficiário:Patricia Ribeiro Batista
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Flúor   Cárie dentária   Placa bacteriana   Cariologia   Estudo in situ

Resumo

A cárie dental é uma doença multifatorial e seu desenvolvimento está diretamente relacionado ao alto consumo de carboidratos, especialmente a sacarose. O declínio dessa doença observado mundialmente, deve-se principalmente ao amplo uso do flúor (F), o qual interfere diretamente com o mecanismo de des-remineralização. Entretanto, pouco se sabe do efeito aditivo da combinação de métodos de uso de F no controle da cárie dental, especialmente em cárie radicular. Dessa forma, o objetivo do presente estudo é avaliar a combinação da aplicação profissional de flúor (APF) e dentifrício fluoretado na concentração inorgânica do biofilme dental em um modelo de cárie radicular. Para tal, será conduzido um estudo in situ, cruzado, duplo-cego, no qual 12 voluntários adultos utilizarão dispositivos intra-orais palatinos contendo 6 blocos de dentina bovina hígida, sendo submetidos a 4 grupos de tratamentos: 1) dentifrício não fluoretado, 2) dentifrício fluoretado (1100 ppm de F na forma de NaF), 3) APF + dentifrício não fluoretado, 4) APF + dentifrício fluoretado. A aplicação profissional de flúor será feita no primeiro dia da fase experimental com gel de flúor fosfato acidulado. Os voluntários escovarão 3 vezes ao dia o dispositivo com o dentifrício pré-determinado para cada fase e gotejarão 8 vezes por dia uma solução de sacarose 20% para prover o desafio cariogênico. No final de cada fase experimental, o biofilme dental formado sobre os blocos de dentina será coletado para as análises bioquímicas, que consistirão na determinação das concentrações de flúor, cálcio e fósforo inorgânico, sendo que para determinação da concentração de cálcio e fósforo serão utilizadas reações colorimétricas e com um analisador de íons será determinada a concentração de flúor.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.