Busca avançada
Ano de início
Entree

Deformação plástica severa em ligas de titânio para aplicações biomédicas

Processo: 10/01434-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2010
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2012
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Metalurgia Física
Pesquisador responsável:Walter José Botta Filho
Beneficiário:Tiago Santos Pinheiro
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:05/59594-0 - Propriedades de ligas metálicas amorfas, metaestáveis e nano-estruturadas, AP.TEM
Assunto(s):Ligas de titânio   Propriedades mecânicas

Resumo

Titânio e ligas de titânio têm sido utilizados cada vez mais rotineiramente para implantes biomédicos. Em praticamente todos os tipos de aplicações, além da biocompatibilidade, as propriedades mecânicas são de grande relevância, o que justifica o uso de novas ligas ou novas técnicas de processamento para a otimização dessas propriedades. Neste contexto, o presente projeto de pesquisa, tem como objetivo utilizar processos de deformação plástica severa (SPD, do inglês, Severe Plastic Deformation) em titânio e ligas de titânio para obtenção de microestruturas refinadas de elevada resistência mecânica. O projeto envolve: (a) a escolha de ligas, (b) processamento por duas técnicas de SPD, torção sob alta pressão (HPT, High Pressure Torsion) e prensagem em canais equiangulares (ECAP, Equal Channel Angular Pressing), (c) a caracterização microestrutural através de difração de raios-X (DRX) e microscopia eletrônica de varredura (MEV) e de transmissão (MET) e (d) medidas de propriedades mecânicas através de testes de compressão e medidas de microdureza.